Sintomas da disfunção erétil

O principal sintoma da disfunção erétil descreve o próprio transtorno. É a incapacidade de iniciar ou manter a rigidez suficiente do pênis para levar a cabo ato sexual.

Às vezes, o homem é capaz de ter uma ereção espontânea, matutina ou fora do ato sexual com o parceiro, mas quando se trata de realizar atividade sexual com outra pessoa, esta não se consegue ou não se consegue manter de forma satisfatória.

Em alguns casos, está associada à ejaculação precoce, embora o fato em si de não conseguir a ereção implica a não culminar no ato sexual e, portanto, atingir o orgasmo e a expulsão do sêmen.

Como se tem vindo a descrever, em outros números, os sintomas que costumam acompanhar este transtorno são da esfera psicoafectiva. De tal forma que se observa na maioria dos homens um sentimento de ansiedade e frustração por não poder conseguir a ereção, e em muitos casos, a culpa e evitação do ato sexual. Isso se comporta como um círculo em que os sintomas podem levar a causa e vice-versa.

No caso de alterações estruturais do pênis como possam ser a doença de Peyronie, a curvatura do pênis é o principal sintoma, podendo produzir dor no início da ereção.

Do ponto de vista social, o reconhecimento deste fato é escasso, uma vez que culturalmente está associada à virilidade com a obtenção de uma ereção firme. A insatisfação pessoal, baixa auto-estima e os problemas de casal podem ir ligados a este transtorno em um bom número de casos.

flecha vermelha de compra

> Clique Aqui e conheça o metodo caseiro para curar a impotência sexual – GARANTIDO! <<

 

Leia também:
Turbo maca peruvian funciona?

Leave a Reply